Novidades e Dicas

VER TODAS
21 Junho Calhas de isopor facilitam o cultivo de morangos

O isopor é um produto que serve para conservar itens frescos e/ou gelados e, até mesmo, para proteger móveis e utensílios domésticos, quando são transportados de um lugar para outro. Mas também é bastante útil no plantio de morangos utilizando um sistema de cultivo em calhas de isopor. Trata-se do Método Soilless, derivado do sistema semi-hidropônico para plantações de hortaliças.
O método soilless de produção de morangos garante aumento na produtividade e qualidade dos pseudofrutos. Com algumas modificações, como acréscimo de calhas de isopor, os agricultores podem potencializar ainda mais os resultados da lavoura e baratear os custos com o manejo. Esta é uma solução inovadora e criativa para os produtores de morango, que não conseguem obter bons resultados com o cultivo de morangos tradicional.
As propriedades térmicas do isopor colocam as raízes do morango em um ambiente favorável ao desenvolvimento e à melhor sanidade.
O sistema é importante porque, entre outras vantagens, deixa-se de utilizar defensivos agrícolas. Além disto, quem faz o manejo dos morangueiros passa a trabalhar em pé.

Vantagens do plantio utilizando calhas de isopor

  • Plantio em linha única de plantas, com 140mm de largura interna e espaçamento de plantio entre plantas sugerido de 120mm, com fornecimento de água e nutrientes por meio de uma única fita gotejadora;
  • Maior agilidade no manejo, pois como não existe o adensamento entre linhas de plantas as podas, pulverizações e inspeções são favorecidas e economizam tempo, se comparada ao plantio em linha dupla ou cruzada, como muitos conhecem;
  • Menor incidência de doenças e pragas. A proliferação de fungos, bactérias e pragas também é reduzida; e
  • Com frutos dos dois lados das calhas de isopor, a colheita fica, em média, 30% mais rápida e praticamente elimina-se a podridão causada por frutos que no plantio com duas linhas de plantas ficam sobre a bancada e muitas vezes em contato com muita umidade.

No sistema de plantio convencional um trabalhador cuidava de 5 mil plantas, com a implantação do plantio com a utilização de calhas de isopor, são quase 15 mil plantas para cada trabalhador. Isto porque trabalham em pé e ainda tem a possibilidade de fazer a colheita com carrinhos.

Produtividade

O emprego do sistema Soilless com o uso de calhas de isopor também é defendido em morangueiros, porque as plantas sofrem menos estresse e isto se reverte em melhor produtividade. A produção empregando esse método alcança 2,3kg no prazo de 15 meses e no cultivo tradicional, giraria em torno de 1,5kg. 
Nesse sistema o fato de não utilizar o solo, mas substrato composto por casca de arroz, casca de pinus e vermiculita, elimina todas as doenças que vêm da terra. Com as raízes em ambiente favorável para a absorção dos nutrientes, as plantas crescem com sanidade superior.